Logon
Blog

Até 50% das doenças intestinais têm causa psicológica

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​​​​​​​​O fator psicológico tem relação direta com as doenças inflamatórias intestinais. Intestinos e cérebro estão em constante "diálogo"; um afeta o outro direta ou indiretamente em grandes proporções. Segundo especialistas do Centro de Doença Inflamatória Intestinal (CDII), todas essas doenças têm relação com o estado psicoafetivo, em maior ou menor grau.

De acordo com as psicólogas do Centro, a Dra. Maria Fernanda Domiciano e Dra. Joyce Caroline Franco, o aspecto psicológico está diretamente associado ao nosso bem-estar, ele também está diretamente associado ao nosso mal-estar. "Alguns pacientes podem apresentar sintom​as depressivos, de ansiedade e estresse como gatilho para o aparecimento da doença, ou a doença em si pode gerar os mesmos sintomas", afirmam as psicólogas.

Estudos mostram que pacientes com doenças inflamatórias intestinais apresentam maior incidência de depressão do que a população em geral. Desta forma fez-se necessário o acompanhamento e suporte emocional para que a pessoa aprenda reestruturar seu modo de pensar e agir, contribuindo assim para a melhora no tratamento médico, nutricional etc. depressao_CDII.jpg

"Sentir-se acolhido e compreendido como um ser único faz com que o paciente consiga lidar de forma equilibrada com seus conflitos e vivencia e que desta maneira consiga melhorar sua forma de lidar com a doença inflamatória intestinal e todas as suas consequências", dizem as psicólogas. 


​​Agendamento​

Para marcar consultas e exames, ligue para 11 3147-9430.​​​​​​

Veja outros temas:

Cansaço e aftas podem ser sinais da Doença de Crohn
Colite provova diarreia e prisão de ventre​​
Doenças inflamatórias intestinais demandam tratamento multiprofissional ​​​
​Doença inflamatória intestinal pode levar a desnutrição​​
Doença Celíaca
Doença de Crohn​ pode virar câncer? 
Intolerância a Lactose
Quando a diarreia é sinal de infecção?​​
Síndrome do Intestino Irritável
Você conhece a Retocolite Ulcerativa? ​​



Veja mais