O novo robô para cirurgias robóticas é o terceiro desde 2012, e colocou o hospital como a primeira instituição privada a investir na tecnologia. O novo modelo, XI, com investimento de US$ 4, 5 milhões é ainda mais moderno do que as versões anteriores. O Dr. Alfonso Migliore, diretor Geral do H9J, resume: “o robô tem braços menores mais finos e flexíveis, que permitem colocá-lo em qualquer posição ao redor do paciente, assim como as pinças, que também diminuíram e adaptam-se melhor à abordagem cirúrgica, além de um melhor acesso à regiões sensíveis, como a próstata, sem precisar mobilizar o paciente” explica.

 

Com a aquisição, o H9J pretende aumentar o número de procedimentos que hoje chegam a quase 3 mil. "Fomos a primeira instituição privada a adquirir o primeiro robô em 2012 e a investir fortemente no treinamento de médicos e enfermeiros, com o então simulador Mimic e novamente estamos sendo precursores no investimento dessa plataforma completa que irá contribuir para a formação de novos cirurgiões" reforça o Dr. Migliore.

 

Pioneirismo em dobro

Além do robô, o H9J é a primeira instituição da América Latina a implementar a plataforma completa de treinamento para cirurgias robóticas, o simulador Robotix Mentor e o LapMentor Express. Segundo o Dr. Migliore, o simulador é o primeiro do mercado e é utilizado para treinar cirurgiões e seus assistentes ao mesmo tempo, com um programa de treinamento customizado que avalia os usuários com métricas que identificam se o objetivo foi alcançado por meio da verificação dos resultados dos exercícios realizados".  Com o investimento de US$ 150 mil, a plataforma é muito mais avançada que o simulador anteriormente utilizado. A cada programa de exercícios são sugeridas novas tarefas para cada especialidade e todos esses dados servirão para também para atestar a proficiência dos alunos.


Conheça o Robô Da Vinci XI

WhatsApp Image 2018-10-24 at 14.50.21.jpeg