Logon
Blog

Mitos e verdades sobre o câncer de mama

Saiba mais

​​​Mesmo com ampla divulgação, o câncer ainda é um assunto que causa dúvidas. No entanto, ter informações corretas contribui para a prevenção, o diagnóstico e o tratamento da doença. 

Nesta edição, a Dra. Giovanna Gabriele, mastologista do Hospital Nove de Julho, fala sobre alguns mitos e verdades sobre o câncer de mama. Continue com a leitura e veja algumas afirmações comuns. 

  • A amamentação protege contra o câncer de mama

Verdade – A última fase do desenvolvimento da glândula mamária ocorre com a gestação e a amamentação. Essa diferenciação torna a mama menos propensa a desenvolver câncer. Além disso, durante a amamentação, há menor exposição hormonal, que costuma ser um estímulo para o desenvolvimento do câncer.

  • Fazer autoexame descarta a necessidade da mamografia

Mito – Perceber alguma alteração palpável não é o único sinal de câncer de mama. Até porque alguns nódulos nem sempre podem ser percebidos pela palpação e são detectados apenas por meio da mamografia. Por isso, é fundamental que, após os 40 anos, todas as mulheres façam a mamografia anualmente.

  • ​Praticar exercícios físicos contribui para prevenção do câncer de mama

Verdade – Fazer, pelo menos, 150 minutos de atividades físicas por semana beneficia a saúde em geral e previne doenças crônicas. Além disso, combate o sedentarismo e a obesidade, fatores que estão relacionados com o desenvolvimento do câncer de mama. 

  • ​Sutiã apertado pode causar câncer de mama

Mito – Apesar de uma crença bastante difundida e que passa de mãe para filha, não há evidências científicas e estudos que embasem essa afirmação. O uso do acessório apertado pode causar desconforto e dores na coluna. A melhor opção é ter um sutiã no tamanho adequado para seu corpo.

  • ​Há maior risco de câncer de mama em mulheres mais velhas

Verdade – A idade avançada é um dos fatores de risco para o câncer de mama. O que não quer dizer que ele não possa surgir em pessoas jovens. 

  • Uma pancada nas mamas pode causar câncer de mama

Mito – Os traumas causados por impacto nas mamas podem causar hematomas e nódulos benignos, mas não são capazes de desencadear a multiplicação de células malignas e gerar um tumor.   

  • O uso de desodorante pode causar câncer de mama

Mito – Não existe comprovação científica que correlacione o uso de antitranspirantes com o desenvolvimento de câncer de mama. 

  • ​Fazer tatuagem pode causar câncer de mama

Mito – A tatuagem não aumenta o risco de câncer de mama.  

  • ​A mamografia provoca câncer de tireoide

Mito – A radiação da mamografia é direcionada para as mamas, então não precisa se preocupar com a tireoide. 

  • ​Estou grávida. Devo aguardar para fazer a mamografia?

Verdade – O ideal é evitar a realização de mamografia durante a gestação. 

  • ​Silicone causa câncer de mama? 

Mito – As próteses são, inclusive, utilizadas em reconstruções mamárias em pacientes que tiveram câncer de mama. 

Porém existe um tipo muito raro de linfoma que está associado aos implantes mamários, com pouquíssimos casos descritos no mundo. Ele costuma aparecer na cápsula que se forma ao redor da prótese e não no tecido mamário. 

O tratamento geralmente é realizado com cirurgia, com a retirada do implante e dessa cápsula, com praticamente 100% de chance de cura. 

  • ​Em minha família ninguém teve câncer, então eu não tenho risco de ter câncer de mama.

Mito – O câncer hereditário corresponde a menos de 10% dos casos de câncer de mama. Portanto, todas as pessoas possuem risco de desenvolver câncer de mama​ no decorrer da vida.   

  • ​A reposição hormonal aumenta o risco de desenvolvimento de câncer de mama

Verdade – Quanto maior o tempo de terapia de reposição hormonal, maiores as chances de surgimento de câncer de mama.  

 

Saiba mais sobre os sintomas de câncer de mama e o Centro de Oncologia​ do Hospital Nove de Julho. 


​​Agendamento Online​

​​​Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​​​​​​

Veja mais