Logon
Blog

Glaucoma é vilão silencioso

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​​

O Glaucoma é uma doença ocular que mais causa cegueira irreversível no mundo. Portanto, o diagnóstico e o tratamento precoce são fundamentais. Existem mais de vinte tipos de glaucoma. O fator comum a todos eles é a atrofia do nervo óptico secundária ea aumentos na pressão de dentro dos olhos (pressão intraocular - PIO), que ultrapassam o limite de resistência das células deste nervo. 

"A pressão intraocular elevada, seja em picos ou de maneira constante, provoca um "esmagamento" do nervo, visível ao exame de fundo de olho pelo aspecto escavado do nervo óptico", afirma o Dr. Anibal Mutti, oftalmologista do Centro de Medicina Especializada (CME). A diferença entre os vários tipos de glaucoma ocorre porque ele pode ser causado por diversos fatores, como uma inflamação ocular, uso incorreto de colírios, diabetes não tratado, tendência genética e até mesmo a catarata. 

Tipos de glaucoma
A agressividade da doença e os sintomas podem variar. O tipo mais comum é o glaucoma primário de ângulo aberto, com alta incidência em pessoas idosas e não gera sintomas até as fases mais avançadas, quando o paciente já perdeu quase todo o campo de visão periférico. 

Um dos tipos mais agressivos é o glaucoma agudo  que pode provocar subitamente dores muito intensas e até vômitos! Ambos os tipos são vilões silenciosos, visto que o primeiro induz perda visual lentamente progressiva e sem sintomas até as fases finais, enquanto que último ataca sem avisar, e pode levar a cegueira de um dia para o outro se não for prontamente tratado.

​Como diagnosticar?

"Felizmente, numa consulta de checkup ocular, o médico oftalmologista pode diagnosticar a doença com exames rápidos e eficientes, como o fundo de olho e a medida da pressão intraocular", afirma o Dr. Anibal Mutti. Além destes, existem vários outros exames que ajudam a determinar qual o tipo, agressividade e o melhor tratamento disponível para cada caso. A maioria dos pacientes com glaucoma consegue controlar a doença com o uso de colírios que reduzem a pressão ocular. "Uma minoria acaba necessitando de tratamento através de laser ou cirurgia, com boas chances de sucesso", diz o médico.

Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​​

​Veja outros temas


Como medir a visão
Conjuntivite
Exames que devem ser feitos Glaucoma
Passo a passo para aplicar colírios corretamente​​

Veja mais

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Conheça o nosso Portal de Privacidade .