Logon
Blog

Otorrinolaringologista: o que ele faz?

Especialista cuida de estruturas como ouvidos, nariz e garganta, além das cordas vocais

otorrinolaringologista

​​O otorrinolaringologista é um médico especializado no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças e distúrbios dos ouvidos, do nariz e das estruturas dentro do pescoço (como garganta e cordas vocais). É um profissional bastante completo, habilitado a cuidar desde sangramentos nasais simples até tratamentos de câncer nessas regiões. Continue a leitura para saber mais sobre quando é necessário buscar esse especialista.  

Agendar consulta online

​O que o otorrinolaringologista faz? 

O médico otorrinolaringologista é especializado no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças e distúrbios relacionados às seguintes estruturas:  

  • Ouvidos 
  • Nariz 
  • Laringe  
  • Faringe 
  • Garganta  
  • Cordas vocais 

Quando procurar um otorrinolaringologista? 

O otorrino deve ser procurado sempre que o indivíduo apresentar algum sintoma nessas regiões. Dor de garganta e de ouvido, nariz entupido ou escorrendo, diminuição da audição e zumbido no ouvido são alguns problemas que devem ser avaliados pelo especialista. 

Outro problema que deve ser checado pelo otorrino (como também é chamado) são as “ites", como rinite e sinusite. Em casos de episódios recorrentes desse tipo de infecção, é importante buscar a avaliação do especialista para averiguar se o problema pode ter outras causas, como pólipos nasais ou alergias. 

Quais doenças o otorrinolaringologista pode tratar? 

O otorrinolaringologista pode tratar problemas como:  

  • Infecção nos ouvidos (otite); 
  • Sinusite (crônica ou aguda); 
  • Amigdalite; 
  • Laringite; 
  • Faringite; 
  • Rinite alérgica; 
  • Perda auditiva; 
  • Distúrbios do equilíbrio; 
  • Labirintite
  • Rouquidão; 
  • Zumbido no ouvido; 
  • Distúrbios de olfato e deglutição; 
  • Ronco; 
  • Sangramento no nariz. 

Leia mais: conheça as principais doenças que podem acometer a hipófise  

​Como é a primeira consulta com o otorrinolaringologista? 

A primeira consulta com um otorrinolaringologista não é diferente de qualquer consulta médica. Ao chegar, o médico ouve as queixas do paciente, faz perguntas e realiza anotações que podem estar relacionadas ao problema – a chamada anamnese.  

Após essa primeira etapa, o otorrino irá realizar o exame físico. São avaliados ouvidos, nariz, boca, faringe e pescoço. Também é possível ouvir os pulmões para checar se há alguma complicação (especialmente quando a queixa envolve tosse, nariz entupido ou sintomas respiratórios).  

Alguns otorrinos também podem realizar um exame rápido chamado de nasofibrolaringoscopia, que fornece imagens da mucosa nasal, laringe e faringe, ajudando em determinados diagnósticos (como os pólipos nasais). 

Quais exames o otorrinolaringologista pode solicitar? 

Quando a nasofibrolaringoscopia não é realizada em consultório, o médico otorrino pode requisitar que o exame seja feito em clínicas ou hospitais especializados.  

Outros exames que o médico otorrino pode pedir após a consulta são: 

  • Audiometria; 
  • Audiograma; 
  • Testes clínicos do sistema vestibular; 
  • Testes neurológicos; 
  • Hemograma; 
  • Endoscopia nasal ou ontológica; 
  • Videonasofibrolaringoscopia. 

Otorrinolaringologista pediátrica: quando levar a criança ao especialista? 

Crianças e bebês fazem parte de um grupo com maior propensão a desenvolver otites e infecções na garganta e, por isso mesmo, podem visitar um otorrinolaringologista pediátrico nesses momentos.  

No entanto, esse especialista também está apto a identificar problemas que podem prejudicar o desenvolvimento dos pequenos, como surdez e problemas de respiração durante o sono. A seguir, alguns sinais de que é importante marcar uma consulta com esse tipo de especialista:  

  • Alterações na triagem auditiva neonatal (conhecida como “teste da orelhinha); 
  • Criança que tem o hábito de respirar mais (ou só) pela boca; 
  • Dificuldade para desenvolver a fala; 
  • Dificuldades de aprendizagem na escola; 
  • Ronco e sono agitado; 
  • Rouquidão persistente; 
  • Criança que fala muito alto e demora a responder; 
  • Crianças que apresentam otite de repetição. 

​Otorrinolaringologista no Hospital Nove de Julho 

Para consultar preços, obter mais informações sobre exames e localizar o laboratório mais próximo da sua região, basta acessar o Nav. ​


Agendar consulta​​



​​ Agendamento​

Veja mais