Logon
Blog

O que é contusão e quais são os principais tipos?

A contusão muscular, bastante comum, acontece nos esportes e em outras situações do dia a dia

​​

Você sabe o que é contusão muscular e qual a diferença que ela apresenta em relação a outros problemas nas articulações e nos ossos? Pessoas que gostam de esportes, como futebol, basquete, tênis e outros mais que envolvam riscos de queda, tombo e batida, já devem ter ouvido que algum atleta sofreu uma contusão e que precisará de tratamento e terá que se recuperar antes de retomar a atividade.

 

A contusão muscular, bastante comum, acontece nos esportes e em outras situações do dia a dia, e se caracteriza pelo choque de algum objeto ou superfície com uma parte do corpo, como os ossos, a pele e as articulações. Esse acontecimento causa hematoma, vermelhidão e limita os movimentos do corpo dependendo do local afetado.

 

Conforme explica o Dr. Wander Ama, ortopedista do Hospital Nove de Julho, “a contusão termo popularmente conhecido como “pancada" ou “batida" se refere ao impacto do corpo contra algum objeto ou superfície. E quando ela não causa outras lesões, a não ser o trauma direto nas partes moles ou no grupo muscular, é uma contusão muscular".

 

Neste blog, entenda o que é contusão, veja quais são os principais tipos e saiba como tratar a condição. O Dr. Wander Ama explica melhor o tema. Venha saber mais!

 

Qual a ​​diferença entre contusão, entorse, luxação e fratura?​​

Uma pergunta bastante recorrente em relação à contusão é qual a diferença entre ela e as demais ocorrências que podem surgir nas articulações, nos ossos e na musculatura. Por isso, vamos trazer aqui o que significa contusão, entorse, luxação e fratura. Confira!

 

▪ Contusão – acontece quando algo se choca com o corpo, mas não causa lesões estruturais. Ainda assim, provoca hematoma, dor, inchaço e vermelhidão. Esse impacto pode ocorrer por meio de pancadas no chão ou na parede e como consequência de quedas, entre outras origens.

 

▪ Entorse – já a entorse gera lesão nos ligamentos e nas articulações, provocando traumas chamados torcionais; por isso também é conhecida como torção. Ela ocasiona dificuldade para a movimentação da área afetada, inchaço, vermelhidão e roxidão. A gravidade vai depender da área acometida, e o tratamento será indicado caso a caso.

 

▪ Luxação – esse caso se dá quando a articulação sai da posição correta em função da movimentação do osso de forma desarticulada. Assim, este parece ter “saído do lugar", causando dores musculares, inchaço, deformidade e limitação dos movimentos. Essa situação deve ser vista com muita atenção, já que é considerada uma lesão potencialmente grave, pois o osso na posição errada pode afetar áreas vasculares e neurológicas. 

 

▪ Fratura – a fratura é a popularmente conhecida “quebra" do osso, e sua gravidade varia também de acordo com o local afetado. Acontece em acidentes esportivos, de trânsito ou mesmo em quedas no dia a dia. A osteoporose, por exemplo, é um dos fatores de risco para a ocorrência de quedas.

 

O Dr. Wander Ama explica ainda que a “entorse se dá quando a região articular executa o movimento torcional, por exemplo, os joelhos, tornozelos, punhos, cotovelos e ombros. A entorse pode gerar uma lesão ligamentar ou não, e existe a classificação de entorse, que separa a condição em três tipos: a distensão dos ligamentos, a lesão parcial dos ligamentos e a lesão completa dos ligamentos. Nesse mesmo mecanismo, você pode ter uma luxação, quando a articulação sai do lugar, então ela provoca um deslocamento. A parte em que normalmente ocorre mais luxação é o ombro; com o deslocamento da região da ligação entre os ossos, ele fica fora da posição, deslocado, desencaixado. Já uma fratura é uma descontinuidade do osso. Essa descontinuidade pode ser com desvio e sem desvio. Uma fratura completa ou incompleta tem algumas classificações e ocorre quando há mesmo a quebra do osso".  

 

Leia mais sobre diferenças entre os principais tipos de lesão​.


Quais são os tipos​​​​ de contusão?

A contusão tem diferentes classificações. Em alguns casos, pode afetar tecidos moles e ser menos grave, sem sangramentos e numa região menos perigosa; em outros, pode provocar hematomas musculares ou então acometer ossos, sendo um tipo mais grave e com sintomas mais dolorosos. Veja, a seguir, as características dos principais tipos de contusão. 

 

​​​​​​​​- ​C​on​​​tusão muscular – causada por um trauma direto no músculo, provoca rigidez na região, muita dor e inchaço. É comum na prática de atividades físicas e é classificada em leve, moderada e severa, dependendo da batida e do tempo que será preciso para a recuperação.

 

​​​- Contu​são cerebral – esse é um tipo de contusão grave que, normalmente, ocorre após uma pancada que provoque traumatismo craniano, como em consequência da queda de lugares altos ou de acidentes de trânsito. Nem todos os traumatismos cranianos causam uma contusão cerebral.

 

- Co​​ntusão nos joelhos, nos pés e nas mãos – acontece quando essas regiões do corpo são afetadas por algum objeto ou se chocam contra alguma superfície.  

 

Tratam​​ento

O tratamento ​de lesões e problemas que afetam o aparelho locomotor, incluindo os ossos, os músculos, os tendões, as articulações e os ligamentos, é feito por um ortopedista. Essa área está relacionada com a traumatologia, que trata das lesões provocadas por traumas, como as fraturas ósseas. “A procura por atendimento médico é para definir se é uma contusão ou não, para evitar que se torne algo grave. Determinar se é uma contusão, luxação, entorse ou fratura. E o médico é capaz de avaliar a gravidade do quadro", explica o Dr. Wander Ama.

 

O médico fala ainda de prevenção: “No esporte, é preciso conhecer muito bem como funciona a atividade física praticada, ter recursos técnicos para entender sua dinâmica, como é o deslocamento numa quadra de futebol, numa área de beach tennis, por exemplo, além de ter força muscular, fortalecer o grupo muscular para evitar acidentes. Ter orientação prévia sobre a prática de um esporte. Além de usar equipamento de proteção no esporte, no trabalho, para evitar riscos de sofrer uma pancada ou ter um objeto que se choque com o corpo."

 

Hospital Nove de Julho

O Hospital Nove de Julho conta com o Setor de Ortopedia e uma equipe de ortopedistas experientes que atendem as áreas clínicas e cirúrgicas, além de oferecer atendimento de emergência em casos de trauma.​

​​ Agendamento​

Veja mais