Logon
Blog

Saiba como diferenciar os principais tipos de lesões

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​Entorse, luxação, fratura e contusão são lesões muito comuns e podem ser causadas por acidentes no trânsito, traumas esportivos, quedas ou até mesmo em situações do dia a dia: um passo em falso, um buraco despercebido na calçada ou ainda o desequilíbrio causado por um salto alto. Veja abaixo como diferenciar cada caso.

Entorse
Muito comum no tornozelo, esta lesão traumática envolve a ruptura total ou parcial dos ligamentos das articulações, estruturas que fazem a ligação entre os ossos e são responsáveis pela sua estabilidade. Os principais sintomas são dor intensa, inchaço, equimose (mancha de coloração arroxeada) e deformidade no local atingido. A principal causa da entorse é a pisada incorreta, seja por irregularidade no solo ou sapato.

Luxação
A principal característica desta lesão é a perda completa de contato entre extremidades de ossos que a compõem, resultando em seu deslocamento. Geralmente é causada por um forte trauma e pode ocorrer em diversas partes do corpo, como coluna, tornozelo, ombros, joelhos e cotovelos. Quando ocorre, é preciso que a articulação seja recomposta com urgência e, em seguida, imobilizadas para favorecer a cicatrização. Os principais sintomas são dor intensa e incapacidade de movimentar o lugar atingido e deformidade.

Fratura
Fratura é quebra de um osso, que pode ser incompleta ou total (quando a descontinuidade é completa, podendo ocorrer desvio). A fratura pode ainda ser considerada exposta quando o osso lesado rompe a pele. Muito comum em quedas ou acidentes, a fratura exige imobilização por período de tempo às vezes longo, ou mesmo tratamento cirúrgico, para facilitar a cicatrização do osso na posição correta.

Contusão
Ela é causada por um trauma direto nos tecidos superficiais e na musculatura, podendo atingir alguma articulação. Os resultados mais comuns são inchaço, inflamação e hematoma. É a lesão traumática mais frequente, no dia a dia e nos esportes. Popularmente é o “tostão” ou a “paulistinha”, jargão comum para este tipo de lesão no futebol.

Em todos os casos é recomendado que o paciente busque cuidados médicos com urgência. Mesmo lesões que aparentam ser superficiais podem esconder uma gravidade maior.

Dr. Ricardo Nahas é médico do Esporte e coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital 9 de Julho​​

​​Agendamento​

 Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.


Veja mais

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Conheça o nosso Portal de Privacidade .