Logon
Blog

Quando devo procurar um pronto-socorro?

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​​Sua saúde é seu maior bem. Não subestime sintomas potencialmente graves.

O pronto-socorro é o local destinado à prestação de serviços médicos para as pessoas que necessitam de cuidados imediatos e de resoluções rápidas. Por esse motivo, seu funcionamento é de 24h durante os sete dias da semana.

Em alguns casos é óbvia a necessidade de um atendimento emergencial. No entanto, algumas vezes, quando a saúde de alguém que você conhece e ama depende de sua decisão, é difícil saber o que fazer.

No blog de hoje, você entenderá melhor quais situações demandam esse tipo de providência.

Como você pode saber se precisa de atendimento emergencial?

Confira abaixo uma lista de diretrizes sobre os sintomas que demandam o encaminhamento ao pronto-socorro.

Chiado, falta de ar ou dificuldade em respirar
Dor no peito
Fraturas deslocadas ou abertas da ferida
Desmaios ou tonturas
Dormência ou fraqueza repentina
Sangramento que não pode ser parado
Dor abdominal - especialmente dor intensa localizada
Febre com convulsões ou qualquer febre em crianças menores de 3 meses
Confusão ou alterações no estado mental
Tosse ou vômito com sangue
Dor de cabeça severa ou lesão na cabeça, especialmente se o indivíduo estiver usando aspirina ou anticoagulantes
Sangue na urina ou diarreia com sangue
Súbita incapacidade de falar, ver, andar ou se mover

Como funciona o PS?

O Dr. Francisco Torggler, médico supervisor do pronto-socorro do Hospital 9 de Julho, pontua que todos os pacientes, já na chegada ao pronto-socorro, são entrevistados por um enfermeiro treinado que segue protocolo internacional de classificação de risco e de tempo máximo previsto de espera. "Assim, pacientes que são identificados com risco iminente à vida seguem um fluxo para o atendimento extremamente rápido.  Além destes, há pacientes que podem aguardar períodos de tempo maiores. Desta forma, temos a segurança de não deixar alguém com algum risco de vida ou sofrimento intenso esperando o atendimento", explica o especialista.

A identificação destas categorias é feita com pulseiras coloridas. Funciona da seguinte forma:

Vermelha – para pacientes que requerem rápida intervenção
Amarela – para pacientes em casos de urgência
Verde – para pacientes em casos de semi urgência
Branca – para pacientes sem urgência

Dependendo do quadro apresentado, podem ser solicitados exames complementares para, então, definir o tratamento necessário.

Qual a diferença entre pronto-socorro e pronto atendimento?

O pronto-socorro se destina a atender pacientes em estado de urgência ou emergência, isto é, que correm risco de vida ou alguma perda de função.

Dessa forma, pessoas acidentadas, com suspeita de infarto, derrames, apendicite, pneumonia, fraturas, entre outras complicações, devem buscar atendimento ou serem encaminhadas ao PS.

Já o pronto atendimento, que faz parte da Emergência do Hospital 9 de Julho, é destinado às ocorrências de baixa e média complexidades que não envolvam risco de vida ou de lesões irreversíveis.

Ou seja, no PA são atendidos pacientes que já passaram pela triagem no pronto-socorro e cujas queixas não foram classificadas como emergência e urgência. São exemplos: pessoas com mal-estar, dores, febre ou gripe. Além disso, procedimentos como aplicação de injeção, inalação e curativos são realizados nesse local.

Se planeje com antecedência para fazer a escolha certa

"O Hospital 9 de Julho é a instituição mais indicada para tratar casos de Alta Complexidade na cidade de São Paulo. Contamos com uma equipe multiprofissional especializada e treinada e com os mais modernos equipamentos e tecnologias em saúde. Nesse momento de pandemia, estamos atendendo com toda a segurança e cautela, através de fluxos totalmente separados e exclusivos para o atendimento a casos suspeitos do novo coronavírus, de forma que não haja cruzamento com os demais pacientes sem os sintomas característicos da Covid-19", finaliza o Dr. Francisco Torggler.

​​Agendamento​

Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​


Veja mais