Logon
Blog

Pressão alta apresenta sintoma?

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​​A falta de sintomas faz com que muitos desconheçam a hipertensão arterial ou pressão alta. Segundo o Ministério da Saúde, 24,3% dos adultos brasileiros sofrem com a doença e, segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, 50% dos pacientes não sabem que são hipertensos. A Dra. Beatriz da Silva Costa, cardiologista do Centro de Cardiologia ​do Hospital 9 de Julho, acredita que a informação é a melhor forma de se prevenir. 



Veja alguns mitos e verdades sobre a hipertensão.

As mulheres sofrem mais com a hipertensão arterial ?

Verdade. A prevalência é mais elevada nos homens até 50 anos, invertendo-se a partir da quinta década e quanto maior a idade, maior a prevalência de hipertensão nas mulheres chegando a mais de 60% de mulheres hipertensas após os 75 anos. 

A hipertensão raramente apresenta sintomas.

Verdade. A doença é considerada assintomática e de evolução lenta que, sem tratamento adequado, pode provocar complicações graves, tais como Infarto Agudo do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral e Insuficiência Renal Crônica Terminal.

A pressão alta pode ser controlada somente com alimentação balanceada e exercício físico.

Mito. Mudança de estilo de vida e hábitos saudáveis são recomendados na prevenção da hipertensão em indivíduos com pressão arterial no limite. Em pacientes de baixo risco cardiovascular mantém-se uma alimentação balanceada, exercícios físicos, cessação de tabagismo por seis meses. Se não houver controle, iniciar tratamento medicamentoso. Em pacientes com risco cardiovascular moderado ou elevado, é preciso iniciar logo a medicação e incentivar a mudança do estilo de vida.

O álcool aumenta a pressão arterial e deve ser evitado por quem é hipertenso.

Verdade. A ingestão de álcool por períodos prolongados de tempo pode aumentar a pressão arterial.  A ingestão de bebida alcoólica deve ser de no máximo 30g de etanol ao dia para homens e a metade para as mulheres. 

Situações de estresse aumentam a pressão arterial.


Verdade. Fatores psicossociais, econômicos, educacionais e estresse emocional participam do desencadeamento e da manutenção da hipertensão e podem funcionar como barreiras para a adesão ao tratamento e mudança de hábitos.

A especialista lembra, porém, que as informações não substituem o acompanhamento de um médico. 


​​​Agendamento​

Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​

Veja mais