Logon
Blog

Mitos e verdades da alimentação saudável para quem tem gastrite

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

A adoção de uma alimentação saudável - com mais frutas, verduras e produtos integrais - é mais do que recomendável. No entanto, quem sofre com os sintomas de gastrite, como queimação e, em alguns casos, até refluxo, deve evitar certos alimentos (mesmo que alguns deles sejam considerados benéficos para a saúde). Confira abaixo quais são eles: 

Leite
Se você sofre de gastrite e a azia faz parte da sua rotina, você pode provavelmente já ter tentado amenizar o incômodo com um copo de leite. Para nossas avós, a bebida era um “santo remédio” não só para matar a fome antes de dormir, mas também para tratar dores de barriga de uma maneira geral. 

O que elas não sabiam, no entanto, é que o leite pode piorar as dores de barriga, inclusive os sintomas da gastrite. Isso porque sua fórmula desequilibra o PH do estômago, produzindo mais ácido e machucando as paredes do órgão: o chamado “efeito rebote”.

Além disso, o leite pode provocar dores agudas, gases, diarreia e vômito em pessoas com intolerância alimentar. Até mesmo outros derivados do leite, que parecem inofensivos, como o queijo branco e o iogurte desnatado, podem se tornar vilões na dieta de quem sofre de gastrite.

Água durante a refeição
Assim como o leite, também acredita-se que tomar água ameniza a queimação, mas não existe nenhuma relação nisso. Há quem costume tomar muita água logo depois de comer para tentar evitar esses sintomas, mas, na verdade, esta atitude pode até piorar o quadro, prejudicando a digestão. 

Café
Apesar de ser comprovado que a bebida é rica em antioxidantes e os especialistas recomendarem até três xícaras por dia, para quem sofre de gastrite e azia a recomendação é outra: evitar! A cafeína, conhecida por nos manter acordados, pode irritar ainda mais o estômago.

Pimenta
A pimenta, que há pouco tempo passou a ser adotada como termogênico natural por alguns frequentadores assíduos da academia, também deve ser evitada nestes casos. A ardência do alimento pode piorar as lesões na parede do estômago causadas pela doença e aumentar a sensação de queimação. Aliás, quem tem a doença deve evitar qualquer condimento forte, como molho de soja, curry, entre outros. 

Frutas cítricas
Apesar de serem altamente recomendadas na dieta devido ao alto teor de vitaminas e minerais, algumas frutas devem ser evitadas por pessoas com problemas gastrointestinais. Laranja, abacaxi, limão e até morango contêm substâncias que, assim como a pimenta, podem aumentar a dor e agravar o quadro. 

Práticas e outros alimentos que devem ser evitados
Se gordura e açúcar em excesso não são indicados nem para os mais saudáveis, não é preciso dizer que quem sofre com problemas gastrointestinais deve evitá-los ao máximo, não é? Além deles, existem outros produtos que devem ser evitados como os alimentos com corantes e conservantes (como sucos industrializados) e carne vermelha, que apesar de ser fonte de proteína, contém substâncias nocivas ao estômago. Vale lembrar que ficar muito tempo sem comer estimula a produção de suco gástrico e inflama ainda mais as paredes do estômago. Por isso, faça pequenas refeições em intervalos regulares.

Medicação e tratamento
Cada caso é um caso. Ainda que você tenha os sintomas, não faça mudanças drásticas em sua alimentação ou tome medicamentos por conta própria. O consumo de anti-inflamatórios e analgésicos, por exemplo, pode agravar os sintomas de problemas gastrointestinais. Então, antes de adotar qualquer medida para amenizar as dores de estômago, consulte um médico para que ele oriente sobre o tratamento ideal para você.

Dr. José Luiz Capabo, coordenador do Centro de Gastroenterologia do H9J

Conteúdo originalmente publicado em 14/01/2016


​​​Agendamento​

​Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​​​​


Veja mais