O fumo é um hábito prejudicial em qualquer momento da vida. Durante a gestação, pode trazer complicações tanto para a grávida quanto para seu bebê. E, para explicar quais podem ser esses problemas, ouvimos o Dr. José Domingos Borges, ginecologista do Hospital 9 de Julho.

Os danos que o tabagismo pode causar durante a gestação podem ser tanto diretos como indiretos. Mesmo parando de fumar antes de engravidar, os problemas causados anteriormente podem comprometer a gestação. A circulação é afetada, com o endurecimento de vasos sanguíneos e a hipertensão, comuns entre fumantes. Além disso, o sistema circulatório é bastante exigido durante a gravidez, pois o feto depende dele para conseguir oxigênio e nutrientes. Os danos causados pelo tabagismo são cumulativos e, por isso, seus efeitos na gestação são mais agravados quando a gravidez é tardia, após os 35 anos. “Não podemos esquecer que é cada vez mais comum no Brasil mulheres terem filhos aos 35, 40 anos. E uma gravidez nesta idade, por si só, já oferece mais riscos”, disse Dr. José Domingos.

Já os danos diretos são causados por substâncias presentes no cigarro, quando a gestante não deixa de fumar. A nicotina, por exemplo, é uma das substâncias que causa fechamento dos vasos sanguíneos e aumento da frequência cardíaca. Com o fechamento dos vasos, o feto recebe menos oxigênio e nutrientes, crescendo menos e aumentando as chances de aborto espontâneo.

E não basta parar de fumar durante a gestação, o fumo passivo também pode ser preocupante. As substâncias que trazem problemas não são apenas as absorvidas durante a tragada. “O monóxido de carbono é um dos gases que pode prejudicar o feto. Por isso, durante o pré-natal aconselhamos também os familiares a evitar fumar próximo à gestante.”, explicou o médico. O monóxido de carbono pode se ligar aos transportadores de oxigênio no sangue e diminuir a oxigenação do bebê. Por isso, cuidado redobrado durante a gravidez não é exagero.

Lei Seca, álcool e traumas

O Hospital 9 de Julho inicia mais uma série Sua Saúde, falando sobre os malefícios do tabagismo. Nosso objetivo é informar a população, sem censurar as escolhas de cada indivíduo, para que cada um possa tomar a melhor decisão para sua saúde e seu bem estar. Se você se interessar, confira também os posts da série Sua Saúde sobre os efeitos do álcool no organismo.