A cada dia que passa mais e mais pessoas se tornam adeptas do ciclismo nos grandes centros urbanos. Com uma quantidade maior de ciclovias e grupos de ciclistas, pessoas que antes tinham medo de pedalar nas ruas, hoje se mostram mais abertas à atividade.

E isso é ótimo, pois andar de bicicleta é uma opção barata e saudável de lazer, indicada para todas as idades.

Mas, para que o passeio não acabe mal, é preciso apenas tomar alguns cuidados simples. Saiba como se preparar para os dias de pedalada:

  • Aquecimento: antes de qualquer atividade física é preciso aumentar gradativamente o esforço para o corpo ficar mais preparado para a movimentação que terá, o que diminui o risco de lesões. Portanto, nada de exagerar na distância logo na primeira pedalada.
  • Selim: o ideal é que o assento esteja posicionado no nível do períneo (região dos órgãos genitais). Para isso, é preciso tirar essa medida em pé, ao lado da bicicleta. Ao pedalar, é importante que os joelhos fiquem levemente flexionados – e nunca totalmente esticados.
  • Guidão: a altura está correta quando o corpo não está projetado para frente, ou seja, quando fica ereto em cima da bicicleta.
  • Capacete: é muito comum vermos pessoas pedalando sem esse acessório, o que não é nada seguro. O capacete protege de lesões no crânio, se houver queda. Para que ele funcione corretamente, é importante se atentar a alguns pontos:
    • O acessório precisa ter cinta com tamanho adaptável e uma boa trava de segurança, pois isso evita que ele saia da cabeça em caso de queda;
    • Além disso, após uma queda, pode ser preciso trocar o equipamento em caso de forte impacto e tempo de uso.
  • Óculos, joelheira e cotoveleira: não são obrigatórios, mas são úteis para proteger os olhos de poeira e insetos, e reduzir o impacto nas articulações em caso de eventuais acidentes.
  • Garrafa de água: hidratação é fundamental, especialmente nos dias mais quentes ou em atividades mais longas. Tenha um espaço para colocar a sua na bike.
  • Roupas: use roupas confortáveis e leves que permitam a amplitude de movimentos e a liberação de suor e que sejam preferencialmente claras para melhor visualização - se pedalar a noite, use as que possuem sinalização adequada para refletir a luz. Evite calças largas e tenha cuidado com o cadarço do tênis, ambos podem prender na corrente e causar acidentes.

Se o seu objetivo for maior do que lazer, como a participação em competições, por exemplo, é importante passar por avaliação médica.

Atividades que requerem maior dedicação e exigem mais do corpo precisam de acompanhamento multidisciplinar para a aprimoramento da performance e diminuição de riscos.

{{cta('f0144d4e-0595-4f1d-8dc6-2be1e25f2611')}}