Mais de 850 milhões de pessoas no mundo têm doenças renais crônicas, dessas, 1,5 milhão só aqui no Brasil. É um grande problema de saúde pública. Portanto, vamos conhecer essa doença para saber como evitá-la. 

O que são?

As doenças renais crônicas, também conhecidas como insuficiência renal crônica (IRC), são lesões nos rins que causam a perda progressiva das funções renais. Se não forem tratadas podem comprometer definitivamente o funcionamento do órgão, levando à paralisação dos rins, que são responsáveis pela filtragem do sangue, eliminando substâncias nocivas e nutrientes no organismo.

Causas e Fatores de Risco

Quando alguma doença ou condição de saúde são prejudiciais para as funções renais e causam lesões nos órgãos, pode ser o começo de uma doença renal crônica.

O diabetes, a hipertensão e a obesidade compõem os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença renal crônica. Segundo a Dra. Zita Britto, nefrologista do Centro de Rim e Diabetes do Hospital 9 de Julho (H9J), “as doenças renais podem evoluir para IRC se não cuidadas, principalmente associadas a outros problemas metabólicos”. 

O hábito de fumar, ter acima de 65 anos, ter doenças cardíacas e histórico de problemas renais na família também aumentam o risco de desenvolver o problema. Por isso é tão importante manter as consultas ao médico em dia.

Sintomas

Inchaço, dificuldade para urinar, sangue na urina, fadiga e perda de apetite podem ser sintomas de problemas renais. A hipertensão também poder estar associada à doença em todos os seus estágios. Segundo a Dra. Zita Britto, a cada ano, 21 mil novos casos de doença nos rins são diagnosticados no Brasil. Por isso, quem tiver um ou mais desses sintomas, ou fatores de risco, é importante fazer acompanhamento médico periódico.


Diagnóstico e Exames

Um diagnóstico precoce contribui para um tratamento mais eficaz. A doença pode ser detectada a partir de dois exames: análise de urina e sangue, que identificam os níveis de albumina e creatinina respectivamente, proteínas que podem ser afetadas pela disfunção renal e estar em desequilíbrio em nosso organismo.


Prevenção e Tratamentos

O tratamento é realizado com medicamentos e mudança nos hábitos alimentares. Casos mais graves em que a doença está em estágio mais avançado, pode ser indicado a diálise e o transplante de rim.

A boa notícia é que para prevenir ou controlar os problemas renais, a ingestão de água regular, alimentação saudável, pobre em sal e rica em verduras, legumes e frutas, não tomar medicamentos sem a orientação médica e fazer um check-up periódico podem te salvar desse problema.

Agora que você sabe, ajude para que essas informações cheguem aos seus amigos e familiares, compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais. 


  Centros_0009_RIM.png



Leia Mais

9 dicas para cuidar da saúde dos seus rins Insuficiência Renal: uma doença silenciosaDiabetes é doença silenciosa, mas graveManter hábitos saudáveis é o melhor caminho para combate à hipertensãoO que é obesidade?