Se tem um tema que gera polêmica e dúvidas nas famílias é a vacinação. Por conta dos possíveis efeitos colaterais, sempre tem aquela mãe ou pai que prefere deixar de vacinar o filho (e, na maioria das vezes, colocar em risco sua saúde).

Quando falamos da vacina HPV (papiloma vírus humano) que, de certa forma ainda é considerada nova no mercado, as dúvidas são ainda mais gritantes.

Mas vale saber: segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma a cada dez pessoas no mundo apresenta o vírus do HPV, o que corresponde a mais de 630 milhões de pessoas, entre nove e dez milhões desse total no Brasil. O HPV é responsável por cerca de 5% de todos os cânceres do homem e 10% dos que atingem mulheres.

Para ajudá-lo a tomar uma decisão, preparamos o guia abaixo com os principais mitos e verdades sobre a vacinação contra o HPV.