Aumento do fluxo menstrual, cólicas que ficam progressivamente mais fortes, dor abdominal e durante a relação sexual estão entre os sintomas de endometriose.

O endométrio é um tecido que reveste a parede interna do útero onde o óvulo, depois de fertilizado, é fixado. Caso não haja a fecundação, grande parte do endométrio é eliminado com a menstruação.

A endometriose é o processo inflamatório das células do endométrio que, em vez de saírem por meio da menstruação, migram para os ovários ou para a cavidade abdominal.

O primeiro passo para o diagnóstico é o exame clínico com um ginecologista e, posteriormente, pode ser confirmado por exames laboratoriais e de imagem. Portanto, é importante fazer consultas regulares com seu médico especialista.