Você já aprendeu que é possível conviver com a doença diverticular.  E uma das formas de evitar as crises e as complicações é manter uma dieta equilibrada.

Segundo o Dr. José Luiz Capalbo, coordenador do Centro de Gastroenterologia do H9J,  a dieta recomendada para estes casos é rica em fibras, verduras e frutas. "Evitando alimentos irritantes e picantes, como os embutidos, por exemplo", acrescentando que beber água também é importante medida para evitar essas complicações.

 Há um mito em torno dos alimentos que possuem sementes, como os tomates, pois acredita-se que elas podem se alojar nos divertículos, aquelas bolsas que parecem plástico bolha nas paredes do intestino, e seriam as grandes causadoras das inflamações. Segundo o Dr. Capalbo, isso é um mito e as sementes são permitidas na dieta e a melhor forma de crendices em torno do que pode ou não pode comer é conversando com seu médico.

Uma outra forma de evitar crises é mandar no seu intestino. De que forma? Faça ele trabalhar a seu favor, indo sempre no mesmo horário ao banheiro, municiando ele com dieta adequada.

Agendamento

Leia mais:

Diverticulite: causas, sintomas e tratamentos
Diverticulite: é possível conviver com ela?