Desde o início do mês, países do mundo todo estão unidos mais uma vez em torno de uma causa nobre para a saúde pública: a campanha Novembro Azul, que tem como objetivo conscientizar a população masculina sobre a prevenção e a detecção precoce do câncer de próstata. 

Pelos exames preventivos, 20% dos casos são diagnosticados na fase inicial.

O principal objetivo desta campanha mundial é romper com o estigma que mantém os homens afastados do consultório do urologista. Para eles, o exame de toque, principal método para detecção precoce do câncer de próstata é um tabu difícil de ser vencido.

Sintomas

Por ser uma doença de início silencioso, a detecção precoce depende do exame. É nesta fase que as chances de cura são máximas. Num estágio mais avançado, alguns sintomas ajudam o paciente a perceber sinais da doença:

  • Dor nos testículos; 
  • Dor ao urinar;
  • Jato da urina enfraquecido;
  • Dificuldade de urinar;
  • Necessidade de urinar imediatamente;
  • Sensação de que a bexiga não esvaziou completamente ao urinar;
  • Dor ao ejacular;
  • Dor nos ossos.

Prevenção

A idade e o histórico familiar são os principais fatores de risco para o surgimento de tumores. Porém, a adoção de um estilo de vida saudável ajuda a prevenir diversos tipos de câncer, entre eles o de próstata. Algumas dicas de prevenção são:

A partir dos 40 anos todo homem deve fazer anualmente o exame de PSA (feito com coleta de sangue) e o toque retal. Pelos exames preventivos, 20% dos casos são diagnosticados na fase inicial.