Logon
Blog

Espinha pode ser prevenida com produtos menos oleosos

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​​​​​​​​Doença de pele causada pela oleosidade excessiva, a Acne é caracterizada pelo surgimento de um grande número de cravos, espinhas, cistos ou caroços que podem gerar cicatrizes, principalmente na região da face. 

A enfermidade é provocada pela obstrução dos poros da pele como consequência do excesso de sebo, células mortas e bactérias. Como o corpo humano costuma produzir mais sebo quando há aumento da atividade hormonal, o problema é mais comum na fase da adolescência. Da mesma forma, a Acne pode acometer mulheres durante o período da menstruação ou na fase da menopausa.

O diagnóstico é feito por meio de exame clínico, que vai determinar o tipo de tratamento. Em alguns casos a acne se manifesta de forma leve, apenas com a presença de cravos, sem lesões inflamatórias, espinhas ou cistos. Em outros pode incluir o aparecimento de espinhas com pus. Nas manifestações mais graves ocorrem lesões como cistos dolorosos que provocam úlceras na pele, deixando cicatrizes. Nesses casos o paciente pode sentir também febre e mal estar pelo corpo.

"Em alguns casos a Acne pode ser prevenida quando o paciente evita usar cremes ou produtos oleosos na pele, além de fazer a limpeza com sabonetes adequados. Para o tratamento podem ser usados tanto medicamentos tópicos ou orais, dependendo do caso", diz a dermatologista do Hospital 9 de Julho Caroline Semerdjian Cividanes. 




Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​



Veja mais

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Conheça o nosso Portal de Privacidade .