Hiperplasia: quando o aumento da próstata não é câncer?
Logon

Imprensa

Hiperplasia: quando o aumento da próstata não é câncer?

15/08/2015

​​Doença é mais comum entre homens a partir dos 50 anos atingindo até 70% deles a partir dos 70 anos

Pouco conhecida, mas muito comum em homens a partir dos 50 anos, a Hiperplasia da Próstata é o aumento da glândula responsável pela função reprodutiva do homem. As causas não são conhecidas, mas são relacionadas ao envelhecimento e histórico familiar. Segundo o Dr. Edgard Romanato, urologista do Centro de Rim e Diabetes do Hospital 9 de Julho, muitos pacientes confundem os sintomas da doença com o câncer de próstata.

"A partir dos 40 anos, a próstata tende a crescer ao invés de perder massa, como acontece com outras regiões do corpo. Com o passar dos anos, esse aumento pode interferir na micção", afirma o Dr. Romanato ao lembrar que isso é natural.

A melhor maneira de identificar o problema é o exame de toque retal e, se necessária, a realização de uma biópsia para confirmação de que a doença é benigna, ou seja, não é câncer. O especialista do H9J salienta que nos homens com mais de 70 anos a incidência chega a 70% dos casos mostrando que a Hiperplasia é mais frequente do que o câncer de próstata.

Outro exame importante no diagnóstico e definição do grau de comprometimento do aparelho urinário inferior é o de Urodinâmica, que avalia o fluxo, pressão, resíduo da urina na bexiga entre outras funções associadas à micção.

Com isso, o médico urologista começa a acompanhar o paciente para saber quando e se será necessária a retirada da glândula. "Mas isso só é recomendado nos casos em que já há dificuldades para urinar. A evolução da hiperplasia costuma ser lenta, são necessários anos para que comece a incomodar o paciente", explica.

Saiba como identificar quando é a hora de procurar um médico:

  • Se o homem demora muito para começar a urinar e tem um jato fraco e intermitente (com interrupções);
  • Quando sente que está retendo urina mesmo depois de ir ao banheiro;
  • Vontade de urinar com frequência, especialmente se não estiver associada com ardência (sintoma de infecção urinária);

"O ideal é procurar ajuda logo que identificar os sintomas para que seja iniciado o tratamento e descartada uma doença mais grave, como o câncer", finaliza o médico.​

Rua Peixoto Gomide, 545 - Fone: (11) 3147-9999
Cerqueira César - São Paulo - SP - CEP 01409-902
2017 © Todos os direitos reservados
Feito com pela Mult-Connect