Logon

Balão Intragástrico

Balão intragástrico é eficaz no tratamento do sobrepeso e da obesidade

De acordo com estudos científicos, o resultado esperado é de uma perda média de 18,4% do peso corporal total

A técnica do balão intragástrico tem sido muito utilizada para o tratamento de sobrepeso e obesidade, com alto índice de sucesso. Além de não requerer cirurgia, a colocação e a retirada do dispositivo não necessitam de internação hospitalar, podendo ser realizadas de forma ambulatorial.

De acordo com o Dr. Miguel Reynaldo Varca Neto, médico endoscopista do Hospital 9 de Julho, o balão intragástrico é seguro e eficaz, sendo um tratamento muito popular devido ao seu elevado nível de segurança, com baixo índice de complicações. "O dispositivo auxilia no emagrecimento do paciente, sempre associado a acompanhamento nutricional e a prática de exercícios físicos", explica.

Implantado por meio da endoscopia digestiva alta, procedimento que dura cerca de 20 minutos, o balão intragástrico permanece no estômago do paciente por um período mínimo de seis meses, até o máximo de 12 meses.

"O dispositivo ocupa 1/3 da capacidade gástrica e proporciona uma sensação de saciedade precoce, resultando em menor ingestão de alimentos e auxiliando na reeducação alimentar e nas mudanças dos hábitos de vida", explica o médico.





Resultados esperados e taxa de sucesso

De acordo com estudos científicos, o resultado esperado é de uma perda de 18,4% do peso corporal total. É considerado procedimento de sucesso, quando atinge perda maior que 10% do peso corporal. "Cerca de 90% dos pacientes atingem essa meta", diz.

Isso porque o resultado depende muito do engajamento do paciente ao seguir a dieta e a prática de exercícios físicos recomendados pela equipe multiprofissional. "A longo prazo, o objetivo é a mudança dos hábitos alimentares, com o paciente aprendendo a comer quantidades razoáveis", explica o médico.

Acompanhamento durante e após o tratamento

Enquanto estiver com o balão intragástrico, o paciente deverá acompanhar a perda de peso com um profissional de Nutrologia. Após a retirada do dispositivo, não há necessidade de acompanhamento médico específico. "Isso porque o balão é utilizado para perda de peso e mudança no estilo de vida, com o paciente reaprendendo a comer, dependendo somente dele para que os hábitos se mantenham", afirma o médico.

Além do profissional de Nutrição/Nutrologia, dependendo de cada caso, podem ser indicados profissionais das áreas de Endocrinologia, Psiquiatria/Psicologia, Educação Física, Fisioterapia, entre outros.

A dieta adaptativa do paciente após a colocação do balão tem 4 fases diferentes e dura 30 dias. A primeira dura três dias, e é composta por dieta líquida restrita. Na segunda fase, com quatro dias, o paciente recebe a dieta líquida completa. Em seguida, na terceira fase, a dieta cremosa é indicada por 11 dias e, por fim, na quarta fase, o paciente recebe a dieta pastosa por 12 dias.

Indicações e contraindicações

O balão intragástrico é indicado para pacientes com IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 27 kg/m2, para pessoas obesas sem critério de cirurgia, superobesos como uma ponte para a cirurgia e para aqueles pacientes que têm a preferência para não realização de cirurgia ou que apresentam alto risco cirúrgico.

No entanto, a colocação do dispositivo é contraindicada para pacientes com úlceras gástricas ativas, úlceras em outros locais do trato digestivo alto, cirurgias gástricas prévias, varizes esofagogástricas, hérnia de hiato de grandes dimensões e que estão fazendo uso de anticoagulantes.

Retirada do dispositivo

Após o período de tratamento (de 6 a 12 meses), a remoção do dispositivo também é realizada por meio da endoscopia. A diferença é que, neste momento, será necessária a anestesia geral, num procedimento que dura cerca de 30 minutos.

Conheça o médico

Dr. Miguel Reynaldo Varca Neto possui graduação em Medicina pela Universidade São Francisco (2012), residências de cirurgia geral, endoscopia digestiva, ecoendoscopia e endoscopia das vias biliopancreáticas. Possui também aperfeiçoamento em procedimentos avançados no Hospital Beaujon, região metropolitana de Paris, França. Atualmente, é médico do Hospital Nove de Julho (SP), atuando principalmente nos seguintes temas: endoscopia digestiva alta, colonoscopia, CPRE e eco endoscopia.

O Dr. Miguel atende no Centro de Medicina Especializada (CME) às sextas-feiras no período da manhã. 


>> Saiba mais sobre o procedimento

>> Conheça a Endoscopia/Colonoscopia do H9J


Agendamento

​​Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.


Veja também

Rua Peixoto Gomide, 545 - Fone: (11) 3147-9999
Cerqueira César - São Paulo - SP - CEP 01409-902
2017 © Todos os direitos reservados
Feito com pela Mult-Connect